Lançamento d’ A Ideia 84-86 no Museu do Aljube (Lisboa)

Decorreu no passado dia 26 de Janeiro, o lançamento do volume triplo da revista A Ideia referente ao ano de 2018. Este volume tem as mesmas características do anterior, tendo sido apresentado na tarde do dia 26 de Janeiro de 2019 no Museu do Aljube, em Lisboa. A sala mostrou-se pequena para acolher as pessoas que aí se deslocaram. Pedro Martins apresentou este número na primeira parte que, com Risoleta Pedro e António Cândido Franco, evocou também a dimensão libertária de Agostinho da Silva. Na segunda parte, dedicada ao centenário de nascimento do jornal operário A Batalha, o historiador António Ventura traçou o seu percurso crítico, a sua organização interna, instalação física, administração e as dificuldades por que passou ao longo das suas etapas até aos anos ’40 do século XX.
António Baião, um dos actuais redactores da folha, centrou-se sobre a vida actual do jornal e do projecto de renovação em curso.

António Cândido Franco deu início à sessão (vista parcial da sala). Na mesa, ao fundo,
Pedro Martins e Risoleta Pedro.

Duas notas sobre este evento encontram-se também no Portal Anarquista e na página dedicada a António Telmo.

Na mesa, o historiador António Ventura fala sobre a fundação do jornal A Batalha. Ao lado, o jovem António Baião, um dos seus actuais redactores.
Cartaz do lançamento d A Ideia, 84-86
Cartaz evocativo do lançamento do número 84/86 d’ A Ideia

Um comentário em “Lançamento d’ A Ideia 84-86 no Museu do Aljube (Lisboa)

Deixe uma resposta para Pedro Franco Cancelar resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s