Afonso Cautela (1933-2018)

Frente Ecológica, no. 1 (1974) – Arquivo Histórico-Social

Acaba de falecer este que foi pioneiro do movimento ecologista em Portugal, a partir dos inícios da década de 1970. Movimentando-se quase sozinho, pôs de pé e alimentou durante vários anos o jornal Frente Ecológica, com sede em Paço d’Arcos, onde vivia. Também terá estado na origem da Associação Portuguesa de Ecologistas. Durante alguns anos após o 25 de Abril, o grupo editor d’A Ideia teve com ele relações regulares (ao contrário do que acontecia com outros, entre os quais o Grupo Ecológico da Associação Académica de Coimbra, então animado por jovens anarquistas), em especial no âmbito da oposição “ao nuclear” (civil ou militar). Com José Carlos Marques, José Luís Almeida e Silva, Fernando Pessoa, Luís Coimbra ou António Eloy, Cautela foi um dos principais responsáveis pela tomada de consciência ecológica que só nessa altura ocorreu em Portugal. Profissionalmente, foi jornalista trabalhando n’O Século, n’A Capital e em outra imprensa, e também escritor e poeta precoce.

(JF / 30.Jun.2018)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s